Neste blog, poderão ser consultados dados informações sobre os meus livros publicados e visionados os meus videopoemas.

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Lagos Ontem 2

Um outro vídeo do CD apresentado, 
na Feira de Livros de Autores de Lagos.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

DVD - LAGOS ONTEM


Ontem, dia 4, apresentei o CD, de nome Lagos Ontem.
O evento teve lugar na feira/mostra de Autores de Lagos, 
no Armazém Regimental, desta cidade.
Trata-se dum conjunto de vídeopoemas (agora posto a circular), concebido a partir do livro "Lagos Ontem
e que mostram como era a cidade e sua vida, 
em meados do século XX *

clicar youtube

***
* 2 ª Edição da Câmara Municipal de Lagos

terça-feira, 26 de julho de 2016

ESTAS ÁGUAS


Este vídeo consta do CD a apresentar pelo autor,
na Feira do Livro de Autores de Lagos*

clicar youtube para écran maior
* A feira é inaugurada no dia 1 de Agosto, 
pelas 18 horas, no Armazém Regimental 
e estará patente ao púbico, das 18 às 24 horas, até ao dia 15,
com muita e variada animação cultural.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

domingo, 22 de maio de 2016

domingo, 17 de abril de 2016

HOMENAGEM AO POETA LEONEL NEVES c/ bibliografia


Leonel Neves nasceu em Faro, em 1921, mas tem as suas raízes no Barlavento - Casa Alta (Aljezur) e Odeáxere. A continuação dos estudos levam-no a Lisboa, para cursar Matemática na Faculdade de Ciências e formar-se em Engenheiro Geógrafo. Frequenta a tertúlia do Café Chiado e convive, entre outros, com homens de letras como Sidónio Muralha, Eugénio de Andrade, Manuel da Fonseca e Alexandre Cabral. A sua actividade literária estende-se à Página Infantil do Diário Popular e inicia a sua carreira de letrista a pedido do acordeonista Anatólio Falé.
Colabora com o compositor e guitarrista João Bagão, na renovação do Fado de Coimbra, e escreve letras para a música do compositor e acordeonista António Mestre (também barlaventino), para serem cantadas por Amália Rodrigues.
As suas actividades profissionais levam-no a Moçambique e depois a Timor, em 1964, onde permanece dois anos e exerce as funções de Chefe do Serviço Meteorológico de Timor. Da experiência, resultará Memória de Timor-Leste. Regressado a Portugal, colabora no grupo de Luís Góis, fazendo letras para vinte e duas canções e publica Natural do Algarve. A Universidade do Algarve fez uma 2ª edição, em 1986. A partir de 1975, ensaia uma longa série de publicações de livros infanto-juvenis (muitos dos quais ilustrados por Tóssan). Em poesia, edita Ontem à Noite, onde fala de Lisboa. Morre, a 6 de Setembro, em Odeáxere. A 20 de Fevereiro, é postumamente lançado, em sessão no Salão Nobre do Teatro Nacional D. Maria ll, Memória de Timor-Leste.
Além duma vintena de livros infanto-juvenis, muitos deles em 2ª e 3ª edição, publicou, em poesia:
Janela Aberta, Edição do Autor, 1940.
Natural do Algarve, Guimarães Editores, 1968;
2ª edição, 1986, Universidade do Algarve.
O Tejo em Lisboa, (colectivo), Câmara Municipal de Lisboa, 1981.
O Algarve na Poesia, (colectivo), Universidade do Algarve, 1982.
Ontem à Noite, Livros Horizonte, 1989.
A Cal Cúbica, ed Universidade do Algarve
* A Cãmara Municipal de Lagos atibuiu-lhe o nome de uma rua.

clicar youtube para écran inteiro